quarta-feira, 22 de dezembro de 2010


Penso que fazer a diferença tem muito a ver com a mensagem cristã de nossos dias, se nossa mensagem reflete a mesma mensagem que o mundo, então o mundo continua seu caminho, dizendo: "Qual a novidade? tenho escutado tudo isso desde que nasci". Entretanto, se o estilo de vida cristão, sua motivação e respostas forem diferentes, o mundo não poderá senão tomar conhecimento e pensar: Como lhes é possível viver no mesmo lugar que eu, mas ter uma vida tão diferente? Por que o amor deles é tão profundo e duradouro, e o nosso tão superficial e inconstante? Como ela consegue esquecer e não guardar ressentimento? Por que essas pessoas têm muito mais compaixão, bondade, integridade e paciência do que qualquer outra que conheço?. Fazer a diferença implica em seguir os passos do Mestre, que não se incomodou em ser chamado de louco, comilão, beberrão, possesso de demônio, amigo de pecadores, fazer a diferença é estar onde o Mestre estaria entre os necessitados sejam eles de classe a,b ou c. Quando a igreja é absolutamente diferente do mundo, ela o atrai. É então que o mundo passa a ouvir sua mensagem, embora possa odiá-la a princípio. Ser diferente, fazer a diferença é andar em renúncia, negar a si mesmo e seguir.


Pregue e se necessário use palavras.

No Amor do Mestre
Hernani B. da Costa

segunda-feira, 15 de novembro de 2010



O Reino Entre Nós

O Reino Entre Nós
Transformação de comunidades pelo envagelho integral.
A missão da igreja vai além de evangelizar.Para trabalhamos no sentido de desmascarar e substituir as mentiras do Diabo pela verdade de Deus,precisamos desenvolver estratégias ministeriais criativas que tratam das questões da cosmivisão brasileira,estudando a nossa história, a nossa arte,as músicas que o nosso povo canta e que reflete aquilo que ele valoriza e anseia e em que ele crê.Se falhamos em discipular a nossa cultura, seremos discipulados por ela. Uma das definições mais interessantes de desenvolvimento comunitário é trabalhar para o êxito dos outros. Isso exige maturidade e desprendimento por parte do discipulador. O agente de desenvolvimento s´bio faz com que o povo se envolva no processo de maneira participativa,de forma que as pessoas da comunidade sitam que o trabalho é delas.
Quando implantamos nossos projetos sociais apenas para nos dar o direito de evangelizar as pessoas ,estamos usando a necessidade do povo para fazer valer o nosso discurso.

Li...no livro O Reino Entre Nós.... Transformação de comunidades pelo evangelho integral

No amor de Jesus



sexta-feira, 29 de outubro de 2010



Eu,um missionário ?

Pesquisas em todo mundo vêm demonstrando a esperança das nações no despertamento missionário da igreja no Brasil. Alguns prevêem que o Brasil será uma enorme força missionária, o maior “celeiro missionário” do século XXI Se eu sou um simples membro de uma igreja local,o que eu tenho a ver com missões?Devemos entender, que no sentido geral, todo crente é um missionário.Se a igreja primitiva pensasse como a maioria dos crentes de hoje, o Evangelho dificilmente teria chegado até nós. Porém, no início da Igreja ,a responsabilidade missionária não foi atribuída a um grupo resumido de profissionais,antes,cada seguidor de Jesus assumiu a posição e aceitou a missão como sendo de responsabilidade pessoal.

"Se não eu,quem? Se não hoje,quando? Se não aqui,onde?"

A igreja é a única instituição capaz de fazer a diferença e ministrar às necessidades integrais do homem.Uma afirmação que aparenta muita pretensão,mas que revela mais doque a verdade dentro dos planos de Deus.Revela esperança de ver concretizada a atuação da igreja como planejada pelo Senhor Jesus Cristo: "Vós sois a luz do mundo"(Mateus.5:14)"Todos podemos ser substituidos no que fazemos,mas ninguém é substituido no que é,nos sentimentos que constroi,no amor que manifesta.

Amo vocês ,logo amo missão.......................

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

ARRAIAL CASA DA CONQUISTA 2010

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Fazer a diferença implica em termos uma missão baseada em amar e servir.

Fazer a diferença implica em termos uma missão baseada em amar e servir.

Amor e Serviço.

O ministério de Jesus foi basicamente marcado por duas atitudes: Amor e serviço. Com certeza, este é o segredo de um bom trabalho que faz a diferença na vida de outrem ou até mesmo de uma pequena ou grande Nação.

A maior e melhor coisa que possa ser dita acerca de um homem ou de uma mulher, é que eles amaram ao Senhor. Deus esteve e estar à procura de homens dispostos a amá-lo e a trabalhar para Ele. Agostinho,um dos Pais da Igreja,acreditava que o amor era como chama de fogo.Ele dizia que “ um coração que ama incendeia outro.” O amor e serviço em prol de outros é fruto do amor de Deus "derramado em nossos corações".O nosso amor a Deus e ao próximo nos leva à obra missionária.E missão existe para o crescimento e estabelecimento do Reino de Deus através do amor e serviço.Acredito também que quando permitimos que esse amor que nos leva a servir ao próximo naturalmente concretiza a manifestação do Reino de Deus em qualquer lugar que possamos estar ou ir. Pode ser na favela perto da sua casa,pode ser em seu bairro com população de rua , pode ser na Índia, no Afeganistão , pode ser bem ali no Sertão do Nordeste, sei lá! em qualquer lugar. Fazer missão e a diferença e buscar o crescimento do Reino de Deus, é manifestar amor a Deus ao próximo,é obedecer a Deus. Temos que entender que só há missão porque Deus chama. Só há missão porque Deus convoca, Só há missão porque Deus aponta para Jesus,Só há missão porque Jesus envia "Ide",Só há missão porque a igreja obedece indo.

Amo vocês em Jesus...


segunda-feira, 11 de outubro de 2010


A Comunidade Conquista surgiu de um sonho. O sonho de poder proporcionar as pessoas a mesma liberdade que nós alcançamos (Pr Gustavo e eu), ela foi formada para devolver ao dependente
químicos e álcool, dignidade, respeito, auto-estima... e reintegrá-lo a sociedade novamente. A Comunidade Conquista tem uma visão. Ganhar o recuperando para Cristo através do amor e do bom testemunho como cristão.Diversas pessoas passaram por nossa Comunidade algumas estão bem e já recuperaram sua vida novamente outras infelismente voltaram ao vício. Dentre essas pessoas houve um jovem que me marcou muito. Seu nome era Thiago, era muito inteligente, dedicado, amigo, muito alegre, sempre sorridente, brincalhão enfim não faltavam adjetivos para falar do Thiaguinho que era como o chamavamos costumeiramente. Depois de um tempo ele foi embora e voltou a usar drogas novamente e retornou para a Comunidade. O Thiaguinho passou a morar em minha casa, e comecei a tratá-lo como filho mas ele decidiu ir embora novamente pois se sentia muito preso, quando ele me falou de seu desejo de ir embora, imediamente me veio a mente que ele seria assassinado, sentei com ele, sua irmã e seu pai e o alertei do que estava sentindo no momento, e da visão que tive com ele com respeito a sua morte ele me garantiu que ficaria, mas quando eu saí de folga ele aproveitou e foi embora e com uma semana justamente no data do aniversário do Pedrinho meu filho o Thiaguinho foi executado com um tiro na cabeça por dever para os traficantes.


Falai de Deus...
Falai de Deus com a clareza
Da verdade e da certeza
Com um poder
De corpo e alma que não possa
Ninguém,à passagem vossa
Não entender
Falai de Deus brandamente
Que o mundo se pôs dolente
Tão sem leis
Falai de Deus com doçura,
Que é difícil ser criatura:
Bem o sabeis.
Falai de Deus de tal modo
Que por ele o mundo todo
Tenha amor.
A vida e à morte,e ,de vê-lo,
O escolha como modelo
Superior.
Com voz,pensamentos e atos
Representai tão exatos
Os reinos seus
Que todos vão livremente
Para esse encontro excelente.
Falai de Deus.

Cecilia Meireles .

domingo, 3 de outubro de 2010

Projeto Acalanto acredita que nossa intimidade com Deus sempre nos levará a ações de compaixão e,como numa via de mão dupla,nossos relacionamentos com os necessitados sempre aprofundarão nossa intimidade com Ele e contrariando o pensamento comum.os pobres servem de exemplo para nós,e não o oposto.É um dos paradoxos do reino de Deus. A viuva pobre, que ofertou a Deus as únicas moedas que possuia,serviu de exemplo para os discipulos .
(MC 12 .41-44).

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Acredito que uma das maiores tragédias de nossos dias é a falência dos sonhos e dos ideais.Somos a geração de brinquedos caros,mas de alma vazia,sem causas para defender, sem qualquer projeto pelo qual valha apena morrer.Tornamo-nos homens e mulheres voltados para nossos empreendimentos pessoais.É um sonho aparentemente impossível querer transformar uma geração egoísta como a nossa numa geração altruísta,homens e mulheres imediatistas em soldados que lutam por um ideal maior do que a própria vida.Nossos sonhos, porém, não são impossíveis,nós é que nos acomodamos, nos rendemos aos oportunistas,estabelecemos alvos egoístas,não temos coragem de tentar e,sobretudo,não aceitamos os valores de Deus.

Martin Luther King acreditou em um sonho e concretizou um ideal e realizando a diferença em nossas vidas tornando-se um verdadeiro artesão de uma nova história.

Talvez não tenhamos conseguido fazer o melhor, mas lutamos para que o melhor fosse feito. Não somos o que deveríamos ser, não somos o que iremos ser.. mas Graças a Deus, não somos o que éramos." Martin Luther King

Comentário:Dani.k



"Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados pelo caráter, e não pela cor da pele." Este é um trecho do famoso discurso de Martin Luther King em Washington, capital dos Estados Unidos, proferido no dia de 28 de agosto de 1963, numa manifestação que reuniu milhares de pessoas pelo fim do preconceito e da discriminação racial.

Martin Luther King Jr. era filho e neto de pastores protestantes batistas. Fez seus primeiros estudos em escolas públicas segregadas e graduou-se no prestigioso Morehouse College, em 1948.

Formou-se em teologia pelo Seminário Teológico Crozer e, em 1955, concluiu o doutorado em filosofia pela Universidade de Boston. Lá conheceu sua futura esposa, Coretta Scott, com quem teve quatro filhos.

Em 1954 Martin Luther King iniciou suas atividades como pastor em Montgomery, capital do estado do Alabama. Envolvendo-se no incidente em que Rosa Parks se recusou a ceder seu lugar para um branco num ônibus, King liderou um forte boicote contra a segregação racial. O movimento durou quase um ano, King chegou a ser preso, mas ao final a Suprema Corte decidiu pelo fim da segregação racial nos transportes públicos.

Em 1957 tornou-se presidente da Conferência da Liderança Cristã do Sul, intensificando sua atuação como defensor dos direitos civis por vias pacíficas, tendo como referência o líder indiano Mahatma Ghandi.

Em 1959, King voltou para Atlanta para se tornar vice-pastor na igreja de seu pai. Nos anos seguintes participou de inúmeros protestos, marchas e passeatas, sempre lutando pelas liberdades civis dos negros.

Os eventos mais importantes aconteceram nas cidades de Birmingham, no Alabama, St. Augustine, na Flórida, e Selma, também no Alabama. Luther King foi preso e torturado diversas vezes, e sua casa chegou a ser atacada por bombas.

Em 1963 Martin Luther King conseguiu que mais de 200.000 pessoas marchassem pelo fim da segregação racial em Washington. Nesta ocasião proferiu seu discurso mais conhecido, "Eu Tenho um Sonho". Dessas manifestações nasceram a lei dos Direitos Civis, de 1964, e a lei dos Direitos de Voto, de 1965.

Em 1964, Martin Luther King recebeu o Prêmio Nobel da Paz. No início de 1967, King uniu-se aos movimentos contra a Guerra do Vietnã. Em abril de 1968, foi assassinado a tiros por um opositor, num hotel na cidade de Memphis, onde estava em apoio a uma greve de coletores de lixo.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010


Podemos realmente dizer que Antonina Andriotto e uma pequena grande mulher que com pequenas atitudes de amor gerou grandes frutos na vida de homens e mulheres no decorrer de sua caminhada fazendo a diferença.

Fazer a diferença implica em saber que mesmo que falassemos a liguagem dos anjos ,mas se não tiver amor ,as minhas palavras seriam como o som de um gongo ou como o barulho de um sino.Poderia ter o dom de anuciar mensagens de Deus ter todo o conhecimento entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar,mas,se tivesse amor eu não seria nada e jamais poderia fazer a diferença. (ICoríntios:13)

Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar,mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota.

Comentário: Dani. k.

Filme Miss Antonina


História de uma pequena grande mulher

Antonina Andriotto

Mulher valente que um dia se dispões a vontade de Deus.Desde então, tem se doado ao resgate de homens e mulheres que se perderam nas drogas, prostituição e na criminalidade.

Antonina uma pequena grande mulher.

Um certo dia estava orando e conversando com Deus que lhe faltava algo da sua parte para Deus e logo em seguida teve uma visão ...Estava no alto de uma montanha e o Espírito Santo disse-lhe: olhe lá em baixo e havia lama e dentro da lama havia flores e o Senhor disse-lhe: dessa e pegue as flores para mim ....Então ela entrou na lama e pegou muitas flores.Quando saiu da lama com as flores o Senhor disse –lhe : olhe teus pés e tuas mãos estão limpos. Eu ti enviarei a um lugar que tem muita lama e você não se contaminará ... três meses depois foi trabalhar na casa de detenção de São Paulo (Carandiru), como missionária tornando-se a primeira mulher a trabalhar durante a semana no período de 18 anos fazendo a diferença com seu amor e deticação na vida de homens condenados, não somente, pela justiça dos homens mais também pelos tormentos da alma levando-os a beira da loucura.

há 25 anos o ministério de prisão .. existe na vida de Antonina Andriotto.Atualmente trabalha na Penitenciaria Feminina de Santana com mais 300 mulheres.Um trabalho que também tem como objetivo ...o resgate da alto estima e da fé.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

toboga da conquista



O Jornal Boca de Rua é uma publicação feita e vendida por pessoas em situação de rua da cidade de Porto Alegre desde 1999. Textos, fotos e ilustrações são elaborados pelos sem teto durante as oficinas semanais. Apesar do trabalho ser orientado jornalistas, apenas a edição e a diagramação é executada por profissionais de comunicação. O dinheiro arrecadado na comercialização do veículo reverte integralmente para os integrantes do grupo, constituindo uma fonte alternativa de renda. A equipe é composta por 30 adultos e 15 crianças e adolescentes. Os menores de 18 anos participam de oficinas lúdicas e educativas (brincadeiras, texto, teatro, artesanato, malabarismo e música, entre outras) que geram um encarte especial – o Boquinha. Seus pais ou responsáveis recebem uma ajuda de custo semanal. Todo o trabalho conta com a colaboração de uma equipe multidisciplinar formada educadores e psicólogos.

"A proposta do Boca de Rua é diferente: é dar voz a quem não tem. Nossa meta é conferir cidadania aos moradores de rua, por meio de um projeto de comunicação", afirma Rosina Duarte que, juntamente com Clarinha Glock e Eliane Brum, criaram o Boca de Rua no ano de 2000. As jornalistas são responsáveis pela reuniões semanais de pauta e pela edição final do jornal. Boa parte da finalização consiste na transposição da linguagem oral para a escrita, já que a maioria dos 35 moradores de rua que produzem o conteúdo do jornal, é analfabeta. O tema de cada edição, as reportagens, fotografias e ilustrações são discutidos e produzidos pelos moradores de rua, que também escolheram o nome e o logotipo do jornal.

A experiência do Boca de Rua permite, assim, lembrar uma faceta pouco discutida a respeito dos moradores de rua: a sua exclusão cultural. "A exclusão cultural e a material não devem ser concebidas de modo isolado, pois são simultâneas. Buscar a integração social dos moradores de rua fornecendo-lhes apenas a alternativa para a sobrevivência econômica - ou comida e abrigo - é importante, porém insuficiente. Essas pessoas procuram, como quaisquer outras, um sentido para a sua existência e só por meio da cultura é que essa busca se faz possível", afirma a antropóloga Cláudia Magni, da Universidade de Santa Cruz do Sul (RS).

sábado, 24 de julho de 2010

O amor e serviço em prol de outros é fruto do amor de Deus “derramado em nossos corações “ (Romanos 5.5)
Deus nos deu uma ordem: “ Ide por todo mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Marcos 16.15). A obediência a Deus é a prova infalível de um sincero e supremo amor por Ele.

Amor é mais serviço do que sentimento.

Mari - Ate os confins da Terra

O Evangelho é algo que o homem pode defender na sua vida, nas suas palavras, na sua conduta e na sua atuação. Ele deve ser, a cada momento, “defensor da fé” ( Filipenses 1.7,17 ).

sexta-feira, 23 de julho de 2010

História Gustavo Américo


HISTÓRIA

Luis Gustavo Américo

Foi viciado em drogas dos 14 aos 20 anos. Usou maconha, cocaína e crack, todas em um intervalo de dois anos, mas foi nos últimos dois anos com o crack que ele chegou ao fundo do poço. Não conseguia mais trabalhar, estudar e muito menos conviver socialmente, nem mesmo com a família. Passou a furtar objetos de casa para sustentar o vicio. Não conseguia mais ficar sem o crack, passando a usar 30 pedras por dia, perdendo dentes e chegando a pesar 60kg, para quem mede 1,88 mt, além de perder a visão do olho direito.
Encontrando-se encurralado por todos os lados - polícia, traficantes e família, foi morar na rua e logo em seguida em uma favela chamada Salgado Filho, num barraco de madeira com telhado de papelão e, segundo ele, com dois cachorros sarnentos...
Cerca de um mês depois voltou para casa e pediu ajuda, sendo internado em uma casa de recuperação, atendendo também ao pedido de sua mãe, que solicitou que “ao menos tentasse...”; passou por uma severa abstinência - evacuava e urinava quando pensava no crack...
No terceiro mês de tratamento entregou sua vida a Jesus. No total ficou dois anos internado e toda sua família foi alcançada. Desde então, não voltou mais para casa, saindo pelo mundo, louco para ajudar jovens com histórias semelhantes à sua.
Há cinco anos, junto com o Pr. Hernani Bezerra, fundou a Comunidade Terapêutica Conquista, um trabalho que tem feito diferença na recuperação psicológica, social e espiritual de muitos homens que se perderam na busca de “transcender a si mesmos”, tornando-se usuários de drogas

terça-feira, 6 de julho de 2010

Missao CENA

Missão Integral!!

O Evangelho todo para o ser humano todo,para todos os seres humanos.Perspectiva:Que o Reino de Deus engloba toda as dimensões humana.O Sr não quer apenas salvar a alma do ser humano,Ele quer mudar a circunstância do ser humano,quer fazer do ser humano um agente transformador da sua própria circunstância.Através dos paradígmas de Deus.

sábado, 3 de julho de 2010

MISSÃO CENA
Somos uma missão interdenominacional, que tem uma equipe de denominações diferentes e conta com várias igrejas amigas.
Trabalho com "Excluídos"
Somos uma missão que tem o objetivo de alcançar os marginalizados com as Boas Novas do Evangelho e que desde 1987 está desenvolvendo um trabalho junto a travestis, prostitutas, população de rua, crianças, dependentes químicos e outros, detentos e famílias da região do centro velho de São Paulo, denominado como "Boca do Lixo" ou "Cracolândia somos uma missão evangélica, que significa que ela tem a Bíblia como única regra de fé e prática.

Somos uma missão que trabalha fazendo parcerias com outras missões para obedecer à Grande Comissão de Jesus, conforme Mateus 28:18-20.
Filantrópica
Somos uma missão transparente, que presta contas a um Conselho Consultivo dos seus objetivos, seus trabalhos e investimentos financeiros.
Conheça também "O Povo, que andava em trevas, viu grande luz e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz"
[Isaías 9:2]

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Drogas Estamos Fora!

Quem Somos
A Comunidade Terapêutica Conquista é uma Associação sem fins lucrativos, de caráter filantrópico, que tem por finalidade a recuperação de pessoas viciadas em tóxicos, álcool e vítimas da prostituição; e sua reintegração na sociedade, sem distinção de raça, cor, condição social, credo político e religioso.Nossa capacidade é de 40 vagas, atendemos jovens e adultos dependentes químicos (Drogas),do sexo masculino em nossa unidade localizada em Itapecerica da Serra – SP.
Objetivos:
Recuperar psico,social,Espiritual o dependente químico.Prevenir e orientar a população sobre os malefícios que as drogas podem causar através de palestras e seminários em escola, universidades, empresas e em outras instituições.Prestar assistência ás famílias dos internosReintegrar o ex-dependente químico ao convívio social.

"Parece impróvavel que a humanidade em geral seja algum dia capaz de dispensar os Paraisos Artificiais,Isto é....a busca de autotranscidência através das drogas ou umas férias químicas de si mesmo ...A maioria dos homens e mulheres levam vidas tão dolorosas ou tão mónotonas,pobres e limitadas que a tentação de transceder a si mesmos,ainda que por alguns momentos ,é e sempre foi um dos principais apetites da alma".

Porém,Jesus disse:
Mateus 11:28 Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.
Neste versículo Jesus está fazendo um convite a todos aqueles que se encontram cansados e oprimidos. Alguém que está cansado é o sujeito que já esgotou suas forças, que já andou por muitos caminhos, porém não encontrou alívio para a opressão. Um homem oprimido é aquele que não está descansando, pois não há paz em sua alma. Muitos motivos levam uma pessoa a estar oprimida, mas se pesquisarmos bem veremos que a insatisfação com a nossa vida, com o que temos e com o que queremos é o principal motivo da opressão que nos toma.